Equipe do leste fluminense terá que se recuperar no próximo domingo, no duelo contra o Artsul

Não foi da maneira que se esperava a estreia do Itaboraí na segunda fase da Série C do Campeonato Carioca. O Azul e Branco visitou o Santa Cruz nesta quinta-feira (24), no estádio Nielsen Louzada, em Mesquita, e saiu derrotado por 1 a 0, com gol do veterano atacante Marcos Denner, ex-Flamengo.

Com o primeiro revés computado nesta etapa da competição, o Itaboraí largou na quinta posição do Grupo G, sem pontos conquistados. Por sua vez, o Santa Cruz ocupa a vice-liderança da Chave F, com 3 pontos, ficando atrás apenas do Barcelona, que venceu por 2 a 0.

No próximo domingo, dia 27, o Itaboraí buscará reabilitação contra o Artsul, dentro de casa, no estádio Alziro de Almeida. O Santa Cruz, por sua vez, vai até a Região dos Lagos enfrentar o São Pedro, no Waldemar Tadio. As duas partidas acontecem às 15h.

Complemento - Outros cinco jogos foram disputados nesta quinta-feira, pela rodada inaugural da segunda fase da Terceirona. Os placares foram os seguintes: Barcelona 2x0 Arraial do Cabo (Eustáquio Marques), Esprof 1x1 Serrano (João Francisco), Duque Caxiense 0x0 São Pedro (Telê Santana), Gonçalense 0x0 São Cristóvão (José Alves Ventura), Artsul 0x1 São Gonçalo FC (Nivaldo Pereira).

VEJA TAMBÉM:

Classificação do Campeonato Carioca Série C

Equipe gonçalense iniciou segunda fase da Série C com o pé direito, desbancando um dos favoritos
O SGFC (de branco) superou o Artsul. Foto: Anderson Luiz/FutRio.
Ótima largada! Na abertura da segunda fase da Série C do Campeonato Carioca, o São Gonçalo FC visitou o Artsul, no estádio Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu, nesta quinta (24), e apesar de jogar no domínio adversário, não se intimidou e conquistou um resultado positivo: vitória por 1 a 0. Waguinho fez o gol decisivo.

O triunfo mantém o São Gonçalo na mesma situação na qual terminou a primeira fase, ou seja, na liderança. A equipe está isolada, na ponta do Grupo G, com 3 pontos conquistados. O Artsul, que está na chave F, ocupa a lanterna, sem pontuar.

No próximo domingo, dia 27, a segunda rodada será realizada na etapa decisiva da Terceirona. O Artsul buscará reabilitação fora de casa, contra o Itaboraí, no estádio Alziro de Almeida. Por sua vez, o SGFC faz o dérbi da cidade contra o Gonçalense, no Carlos Gonçalves, em Rio Bonito. Os dois jogos acontecem às 15h.

Artsul desperdiça grande chace; SGFC é mais efetivo

A primeira etapa foi de muita movimentação, mas nem tanta inspiração. O São Gonçalo chegou a ameaçar o time mandante, que passou a tocar a bola e equilibrar as ações rapidamente. Aos 40, Adam, do Artsul, foi derrubado dentro da área. Pênalti. André se encarregou da cobrança, mas Victor acertou o canto e segurou o empate parcial.

Na etapa complementar, apesar do maior domínio do Artsul, o São Gonçalo demonstrou mais objetividade e acabou sendo premiado aos 26 minutos. Matheus desceu pela esquerda e cruzou rasteiro para Waguinho, que chegou escorando e decretando o placar final: 1 a 0.

Bem postado defensivamente, coube aos visitantes administrarem os minutos finais. O Artsul, que ensaiou uma tímida pressão, não obteve êxito e amargou a derrota em casa.

Ficha Técnica
Artsul 0x1 São Gonçalo FC
Campeonato Carioca Série C - 2ª Fase - 1ª Rodada
Estádio Nivaldo Pereira, Nova Iguaçu - RJ
Dia 24 de julho (quinta-feira) - 15h

Árbitro: Felipe da Silva Gonçalves
Assistentes: Marcello Oliveira da Costa e Alexandre Eller
Cartões Amarelos: Fabiano, Alexandre e Lucas (Artsul); Jefferson e Léo Moreno (SGFC)

Gols: Waguinho, 26'/2ºT (0-1)

Artsul
Rafael; Vitor, Adam, Vagner Eugênio e Fabiano (Alexandre); André, João Vitor, Sarrá (Barrach) e Adriano (Dú Paraíba); Lucas e Hudson. Técnico: Zilla Cardozo

São Gonçalo FC
Victor; Dreivison, Diego Mendes (Matheus), Jefferson e Robertinho; Maykon, Ramon (Pedro), Rodrigo Will e Walber; Edu e Waguinho (Léo Moreno). Técnico: Marcus Alexandre Cravo

VEJA TAMBÉM:

Classificação do Campeonato Carioca Série C

Equipe gonçalense não teve inspiração o suficiente para superar a defesa adversária

Por Jhonathan Jeferson / Foto: André Fabiano
Sobrou vontade, mas faltou inspiração para Gonçalense e São Cristóvão.
Em partida realizada nesta quinta (24), no estádio José Alves Ventura, em Rio Bonito, o Gonçalense recebeu o São Cristóvão e não passou de um 0 a 0, estreando com tropeço na segunda fase da Série C do Campeonato Carioca.

O Tricolor, com o ponto conquistado, divide a quarta colocação do Grupo F, ao lado do Duque Caxiense. O São Cristóvão está em terceiro na Chave G, também com um ponto.

No próximo domingo (27), o Gonçalense "atravessa a rua" para fazer o clássico local contra o São Gonçalo FC, no estádio Carlos Gonçalves, também em Rio Bonito. Já o São Cristóvão recebe na Figueira de Melo a equipe da Esprof, no mesmo dia.

Visitantes começam melhor, mas Gonçalense iguala a partida

O confronto começou bastante truncado, com as duas equipes sofrendo para conseguir trabalhar e fazer uma boa jogada. Os visitantes foram os primeiros a assustar com o experiente Gláuber, que recebeu de João Paulo e emendou de primeira para fora, aos 11 minutos.

Os donos da casa só chegaram bem ao ataque após a parada técnica, quando Sabão fez grande jogada passando por três marcadores e rolou para Bernardo, que ajeitou e mandou colocado no ângulo para uma grande defesa de Mota.

No último lance de perigo do primeiro tempo, em mais uma descida do São Cristóvão, Igor cobrou falta na cabeça de Thiago Amaral que testou firme rente ao travessão de Júlio.

Panorama muda na segunda etapa, mas placar segue inalterado

Na volta do intervalo, logo aos 4 minutos, Gláuber ajeitou e Igor chutou para fora, levando perigo à meta do Gonçalense. A partir daí, o jogo caiu de produção e só voltou a acontecer um lance perigoso após a parada técnica.

No momento mais agudo da partida, a defesa do alvinegro da Figueira de Melo rifou a bola, Rodrigão e Júlio não se entenderam e Raí aproveitou e testou por cobertura. A bola caprichosamente tocou no pé da trave e saiu.

O São Cristóvão seguiu mais perigoso, dessa vez com Igor, que bateu escanteio e Thiago Amaral, que subiu mais alto que a defesa, testou mais uma no travessão. No rebote a zaga do Gonçalense conseguiu afastar.

Nos últimos minutos, Sales cobrou falta da intermediária com muito efeito, o goleiro Mota só olhou e viu a bola passando rente ao travessão, morrendo em cima da rede visitante, no melhor lance do Tricolor na segunda etapa. Não era mesmo dia de gol. O zero insistiu em permanecer no marcador até o apito final do árbitro da partida.

Ficha técnica
Gonçalense 0x0 São Cristóvão 
Campeonato Carioca Série C - 2ª Fase - 1ª Rodada
Estádio José Alves Ventura, Rio Bonito - RJ
Dia 24 de julho (quinta-feira) - 15h

Árbitro: Diego da Silva Lourenço
Assistentes: Marcio Moreira de Queiroz e Ivan Silva Araújo
Cartões Amarelos: Lages (Gonçalense); Matheus e João Paulo (São Cristóvão)

Gonçalense
Júlio; Yago, Alemão (Sales) e Rodrigão; Thiaguinho, Lages (Pedrinho), Dyeguinho, Bernardo (Gilmax) e Radamés; Sabão e Vitão. Técnico: Emanoel Sacramento

São Cristóvão
Mota; Paulinho, Augusto, Cafter e João Paulo; Matheus (Pedro), Igor (Igor Martins), Jonathan e Gláuber; Thiago Amaral e Raí (Salomão). Técnico: José Augusto Baptista

VEJA TAMBÉM:


Classificação do Campeonato Carioca Série C

Treinador demonstrou confiança em boa estreia na segunda fase, diante do Artsul
Marcus Alexandre quer SGFC pontuando fora. Foto: Jhonathan Jeferson.
Parada dura. É o que o São Gonçalo FC terá pela frente nesta quinta-feira (24), às 15h, contra o Artsul. A equipe gonçalense vai até o estádio Nivaldo Pereira, em Nova Iguaçu, para a estreia na segunda fase da Série C Estadual. Logo de cara, pega um dos favoritos ao acesso.

Mesmo estando ciente do desafio que se apresenta, o técnico Marcus Alexandre Cravo demonstrou confiança em entrevista ao site FutRio.

- Precisamos pontuar ao máximo nos jogos fora de casa. Agora, será um outro campeonato, bastante nivelado. Todos nesta fase têm condições de acesso e o São Gonçalo será uma dessas equipes - disse ao portal.

Um bom resultado diante do time iguaçuano é de vital importância para adquirir tranquilidade, já que no domingo (27), o São Gonçalo FC terá o confronto local diante do Gonçalense, no estádio Carlos Gonçalves, em Rio Bonito.

Arqueiro acerta contrato após contusão do até então titular, Emerson Cesário, que não voltará a atuar na Terceirona
Renan chega ao Itaboraí para substituir Emerson Cesário.
Foto: Bernardo Gleizer / Divulgação NIFC.
O Itaboraí pode ter hoje, contra o Santa Cruz, no estádio Nielsen Louzada, em Mesquita, às 15h, a estreia de um novo reforço na Série C Estadual. Trata-se do goleiro Renan, de 30 anos, que estava no Nova Iguaçu. O jogador assinou contrato até 31 de dezembro e está regularizado, à disposição do treinador Paulo Cesar Teixeira.

A necessidade da contratação de Renan veio após a contusão de Emerson Cesário, que chegou no início da pré-temporada, proveniente do futebol tailandês, com status de titular. Em virtude de uma lesão no joelho, o dono da posição acabou tendo sua participação na Série C interrompida.

Sem peças com grande experiência no setor - Vinicius (que vem vem iniciando as partidas) e David são muito jovens - surgiu então o acordo com Renan, que vem para agregar mais bagagem à meta itaboraiense na reta decisiva da Terceirona do Rio de Janeiro.

Equipes do leste fluminense voltam a campo com verdadeiras pedreiras pela frente
Equipes de São Gonçalo e Itaboraí estreiam na segunda fase da Série C.
Imagem: Futebol Gonçalense.
Pouco mais de duas semanas após o fim da primeira fase, a Série C do Campeonato Carioca retorna aos holofotes nesta quinta-feira (24), quando terá início a segunda fase da competição. Nesta etapa, as 12 equipes, divididas em dois grupos, se enfrentarão, e duas terminarão com a vaga na Série B garantidas. Outras quatro lutarão disputarão uma espécie de repescagem do acesso.

O Gonçalense abre sua participação em casa, no estádio José Alves Ventura, às 15h, quando receberá o São Cristóvão. Durante o período de descanso/treinamento, o Tricolor aproveitou para dar mais entrosamento às peças novas do elenco, como os laterais Sales e Ricardo, o zagueiro Anderson e o meia Gilmax, que chegaram recentemente.

O São Gonçalo FC, por sua vez, terá que encarar o primeira desafio longe de seus domínios e contra um dos favoritos, o Artsul. O confronto diante da equipe iguaçuana acontece às 15h, no estádio Nivaldo Pereira. O SGFC também terá à disposição caras novas, como o goleiro Zé Carlos, e os zagueiros Ivo e Alê.

Por fim, o Itaboraí é mais uma equipe do leste fluminense a ter um desafio pra lá de complicado. No estádio Nielsen Louzada, em Mesquita, também às 15h, medirá forças com o Santa Cruz, outro clube que vem credenciado como um dos favoritos após cumprir bom papel na primeira fase.

Outros três jogos complementam a rodada de abertura da segunda fase da Série C: Duque Caxiense x São Pedro (Telê Santana), Barcelona x Arraial do Cabo (Eustáquio Marques), Esprof x Serrano (João Francisco).

Defensor destacou também suporte oferecido pela diretoria do clube fora das quatro linhas
Evair ressaltou equilíbrio entre os setores do Itaboraí dentro de campo.
Foto: Gabriel Farias.
O Itaboraí volta suas atenções para a Série C Estadual nesta quinta-feira, dia 24, quando inicia sua trajetória na segunda fase diante do Santa Cruz, às 15h, no estádio Nielsen Louzada. Para largar com o pé direito, o equilíbrio entre o sistema defensivo e o ataque é uma das apostas.

- Estamos trabalhando bem a defesa. Temos um lema de que se a defesa não tomar gol, lá na frente vamos fazer, já que temos um ataque muito forte e o grupo todo está sendo trabalhado nessa situação - disse o zagueiro Evair.

Durante a primeira fase, quando o Itaboraí viveu um momento de instabilidade, uma medida importante, que não é visível dentro das quatro linhas, foi tomada. A direção do clube deu apoio psicológico mediante a contração de um profissional. Segundo Evair, a estrutura fornecida fora do campo de jogo vem sendo fundamental.

- O grupo está sendo trabalhado para resistir bem nas situações adversas. A diretoria tem nos dado suporte inclusive com apoio de psicólogo e isso tem ajudado bastante dentro de campo. Nos dá tranquilidade para conseguir o resultado - completou.

Contratação fechou o elenco do Tricolor para a Série C Estadual
Ricardo posa com a camisa do Gonçalense. Foto: Müller Souza/Divulgação.
O período para inscrição de atletas na Série C do Campeonato Carioca chegou ao fim na última terça-feira (22), e o Gonçalense aproveitou para oficializar um reforço de última hora. Ricardo, lateral-esquerdo de 22 anos, que estava no Boavista - onde foi campeão da Taça Rio na elite estadual - assinou contrato até 31 de outubro.

O atleta, que já treina junto do elenco, encontra-se registrado no BIRA (Boletim Informativo de Registro de Atletas), sem pendências, e com isso, poderá ser utilizado na partida contra o São Cristóvão, que marca a reestreia do Gonçalense na Terceirona. Ele disputa posição com Radamés, Anderson e Daves.

Gonçalense e São Cristóvão medem forças no estádio José Alves Ventura, nesta quinta (24), às 15h.

Treinador do Gonçalense demonstra confiança às vésperas da reestreia na Terceirona
Emanoel Sacramento está confiante no acesso pelo Gonçalense.
Foto: Gabriel Farias.
O Gonçalense começa amanhã sua participação na fase decisiva da Série C do Campeonato Carioca. No estádio José Alves Ventura, em Rio Bonito, receberá o São Cristóvão, às 15h. Em entrevista ao site da Ferj, Emanoel Sacramento, treinador do Tricolor, falou sobre o desempenho da equipe até o momento, além de analisar o favoritismo conquistado e a chave que terá que superar para alcançar o acesso.

Sobre a primeira fase, onde o Gonçalense terminou invicto, com seis vitórias e dois empates, além de 24 gols marcados e apenas quatro sofridos, o comandante foi consciente ao admitir que os números expressivos trazem uma responsabilidade maior ao elenco.

Para o clube foi muito boa uma primeira fase onde tivemos bons momentos, importantes, de bons jogos, onde fomos coroados com as vitórias e o bom desempenho dos atletas. Esperamos que se mantenha essa fase para abrilhantar ainda mais esta competição com essas equipes que agora são as mais qualificadas para estar brigando por um acesso. Espero que seja do agrado da diretoria, dos torcedores e que consigamos fazer uma grande segunda fase.

O favoritismo, que vem sendo atribuído ao Gonçalense desde o início da competição - em virtude do grande investimento feito - só aumentou com os resultados positivos. Mesmo assim, Sacramento lembra que os oponentes também dividem essa responsabilidade. Uns pela tradição, outros pelo bom trabalho desenvolvido.

Eu não tenho essa campanha como favoritismo nosso. Nós temos uma responsabilidade muito grande porque é um grande desafio, porque a gente sabe que têm equipes com tradição e que tem muito mais favoritismo do que nós. Temos feito dentro de campo fazer valer essa nomenclatura. Mas aqui no clube todos nós enfrentamos esse desafio com muita responsabilidade e esperamos que isso não atrapalhe de maneira alguma. O que temos feito dentro de campo tem demonstrado que o trabalho é sério e os jogadores estão entendendo nossa metodologia de trabalho e a ideia que isso vai fortalecer esse grupo para buscar nosso objetivo.

"Grupo mais forte", mas que não assusta

No Grupo F, na segunda fase, o Gonçalense disputará posição com clubes que despontaram como favoritos na primeira fase, como Artsul, Barcelona e Santa Cruz. Duque Caxiense e Esprof completam a chave que, para muitos, é o "Grupo da Morte", alcunha rechaçada por Sacramento.

Não chamaria de grupo da morte, chamaria de o grupo mais forte, sem dúvida, onde estão os candidatos ao acesso, por isso que encaramos com muita responsabilidade porque é uma competição difícil. Sabemos que é uma competição longa, faltam onze jogos e mais dois. São treze que estão faltando e vamos fazer valer a nossa força, todo o trabalho e treinamento que está sendo dado para alcançar o objetivo no final da competição. O grupo, eu acredito que é o mais forte, por isso aumenta ainda mais a nossa responsabilidade - finalizou.

Equipes demonstraram força logo na rodada de abertura e pularam na frente
O Unidos da Amizade estreou vencendo. Foto: Divulgação.
Começou no último domingo a Série Ouro de Futebol Sete, divisão de elite da modalidade em São Gonçalo. As oito partidas foram divididas entre o Clube Mauá, na Estrela do Norte, e o LA Esporte Clube, no Arsenal. Os destaques ficaram por conta de Unidos da Amizade e Master, que venceram por boa margem de gols.

O Unidos fez 5 a 2 sobre o Destino, enquanto o Master derrotou o Osórios por 4 a 1. Outro time que demonstrou inspiração no ataque foi o Dig Din, que fez 7 a 4 sobre o Divino. Os outros jogos terminaram da seguinte forma: Quilmes 1 a 0 Covanca, Manchester de New City 3 a 1 Pita, Só Canela 2 x 0 Barta, Alcáida 3 a 3 Ultimate, Jardim Alcântara 2 a 1 JJFC.

Com os resultados, Manchester e Quilmes lideram o Grupo A; Master e Só Canela assumem a ponta na Chave B; O Unidos da Amizade está disparado na ponta do Grupo C; e na Chave D, Dig Din e Jardim Alcântara são os dois primeiros.

Série Prata - Na segunda divisão, os resultados foram: Real Califórnia 4 a 2 Parma, Eh Nós 1 a 1 Velez, Mulekes da Gelada 6 a 4 Village, Furacão 1 a 2 Toca e Sai, Pernoitados 4 a 1 Marroca, ENB 2 a 4 Gama, Valentes de Deus 3 a 0 Califórnia Sports, Bando de Loucos 4 a 2 Cardeal.

Série Bronze - No terceiro pelotão, as partidas ficaram assim: Diretoria 1 a 3 Elenco, Celebrai 4 a 2 Só 7, Mafiosos 4 a 2 Resenha, Aldeia do Surf 6 a 1 Só Sequelas, Puma 0 a 5 Força e Luz, Atlético São Gonçalo 2 a 0 Elite, Arte Moleque 0 a 8 Orkal, Sacanas 1 a 8 Sacanas do Marambaia.

Treinador destacou evolução de seus comandados e projetou crescimento ainda maior em jogos decisivos
Paulo Cesar Teixeira está confiante em bom desempenho do Itaboraí.
Foto: Gabriel Farias.
O Itaboraí estreia na próxima quinta-feira (24), na segunda fase da Série C do Campeonato Carioca, contra o Santa Cruz, no estádio Nielsen Louzada, em Mesquita, às 15h. Será o primeiro teste de fogo na luta pelo acesso à Segundona do Rio de Janeiro.

Treinador da ADI, Paulo Cesar Teixeira está confiante. Ele destacou que desde o fim da primeira fase, sua equipe vem evoluindo em diversos aspectos. A tendência é que a crescente prossiga, conforme disse o comandante.

- O time vem crescendo e eu já vinha falando isso. Em todos os pilares: físico, técnico, tático, na união do grupo... Agora tem que estar melhor para a segunda fase que tem um nível maior. Não podemos mais errar. Temos que evoluir.

Teixeira lembrou que em alguns momentos, a falta de estrutura da competição também atrapalhou o desempenho dos atletas. A partida contra o Arraial do Cabo, que terminou em 0 a 0, foi lembrada. Na ocasião, o Itaboraí teve dificuldades com o péssimo estado do gramado do estádio na Rua Figueira de Melo.

- No jogo contra o Arraial era impossível de praticar um bom futebol com o gramado ruim. Às vezes ficamos chateado pela estrutura da Série C nesse ponto. Nossa equipe é muito técnica, tem a proposta de trabalhar a bola e naquela ocasião não conseguiu - destacou.

Sem preocupação com os rivais

Ao ser perguntado se estava estudando os adversários que teria pela frente, Paulo Cesar Teixeira despistou e apontou o foco para a preparação do Itaboraí.

- Estou mais preocupado com a nossa equipe. É evidente que estão todos se reforçando, que a Série C está mais forte, mas montamos um grupo fantástico, de excelentes atletas e estamos numa crescente bacana - completou o técnico.

Azul e Branco superou o Artsul fora de casa e se firmou entre os melhores da competição
O SGEC (de branco) superou o Artsul no Estadual Sub-15 da Série B/C.
Foto: Paulo Roberto Rodrigues/Papo Esportivo.
O time sub-15 do São Gonçalo EC segue cumprindo boa campanha no Campeonato Carioca Infantil - Série B/C. No último domingo, visitou o Artsul, no Centro de Treinamentos do clube de Nova Iguaçu, e saiu com uma vitória por 2 a 0, gols de Bruno Lemos e Wanderson.

Essa foi a sétima vitória em nove jogos do SGEC na competição. O time do treinador Igor Manhães subiu para a quarta colocação, na zona de classificação às semifinais, com 21 pontos. America, com 25; Arraial do Cabo, 23; e São João da Barra, 23; estão à frente.

Na categoria juvenil, o São Gonçalo acabou saindo de campo com o resultado negativo: 2 a 1. Lucas Rodrigues, artilheiro do time gonçalense na competição, fez o gol de honra. Derrotado, o Azul e Branco saiu do G-4. A posição que ocupa agora é o quinto lugar, com 17 pontos.

No próximo domingo, dia 23, o São Gonçalo EC volta a jogar em casa, no Clube Esportivo Mauá, onde receberá o Mangaratibense, às 13h pelo Estadual Juvenil, e às 15h pelo Infantil.

VEJA TAMBÉM:

Classificação do Campeonato Carioca Infantil - Série B/C
Classificação do Campeonato Carioca Juvenil - Série B/C

Metade da primeira fase já foi disputada e algumas equipes já estão com a classificação assegurada
O Craque Nota 10 venceu o Real por 3 a 0. Foto: Gabriel Farias.
A Copa da Amizade Mirim de Futebol teve disputada no último sábado, a terceira rodada da fase classificatória, no Campo do Cordeiros, em Santa Izabel. Quatro partidas foram jogadas, com destaque para as vitórias de Karanba, Craque Nota 10 e Mauá, sobre Estrela Azul, Real e Bragantino.

No Grupo A, com a vitória do Craque Nota 10 por 3 a 0 sobre o Real, a vaga nas quartas de final foi assegurada aos vencedores. O Performance, que folgou, também carimbou o passaporte. Na mesma chave, o Mauá venceu a primeira, ao bater o Bragantino, também por 3 a 0.

Único time já classificado no Grupo B, o Karanba superou o Estrela Azul por 2 a 0, se mantendo na liderança isolada com nove pontos e 100% de aproveitamento. Almerinda e Dom Ricardo, que empataram sem gols, conseguiram fechar a rodada no G-4.

No próximo sábado (26) a Copa da Amizade Mirim volta aos gramados do Cordeiros, com os seguintes jogos válidos pela quarta rodada: Mauá x Craque Nota 10 (8h), Bragantino x Performance (9h30), Dom Ricardo x Estrela Azul (11h), e Almerinda x Karanba B (12h30).

VEJA TAMBÉM:

Classificação e tabela da Copa da Amizade Mirim

Serão três divisões, com vinte times cada uma, em disputas que prometem emoção até o fim da temporada

Após uma breve pausa depois da disputa da Copa Cidade de São Gonçalo de Futebol Sete, as principais competições promovidas pela LSGF7 voltam a movimentar os gramados sintéticos do município. As Séries Ouro, Prata e Bronze começam a ser disputadas neste domingo (20), com clubes que já são figurinhas carimbadas e muitas novidades. As partidas acontecem no Clube Mauá, na Estrela do Norte, e no LA Esporte Clube, no Arsenal.

A Série Ouro, que é a elite da modalidade em São Gonçalo, contará com potências como Quilmes e Unidos da Amizade, além de outros times que prometem incomodar, como Adelia Sete Roma e Osórios. Na divisão abaixo, denominada Prata, o equilíbrio é grande. O Cardeal, que ganhou a Recopa no primeiro semestre, desponta como um dos candidatos ao acesso. Na Série Bronze, a maior parte dos integrantes serão estreantes que iniciam suas trajetórias na modalidade.

Série Ouro - 1ª Rodada - Clube Mauá (a partir das 13h): Quilmes x Covanca, Manchester de New City x Pita, Osórios x Master, Só Canela x Barta, Alcáida x Ultimate, Destino x Unidos da Amizade.

Série Ouro - 1ª Rodada - LA Esporte Clube (a partir das 15h40): JJFC x Jardim Alcântara, Dig Din x Divino.

Série Prata - 1ª Rodada - LA Esporte Clube (a partir das 11h): Real Califórnia x Parma, Eh Nós x Velez, Mulekes da Gelada x Village, Furacão x Toca e Sai, Pernoitados x Marroca, ENB x Gama, Valentes de Deus x Califórnia Sports, Bando de Loucos x Cardeal.

Série Bronze - 1ª Rodada - LA Esporte Clube (a partir das 11h): Diretoria x Elenco, Celebrai x Só 7, Mafiosos x Resenha, Aldeia do Surf x Só Sequelas, Puma x Força e Luz, Atlético São Gonçalo x Elite, Arte Moleque x Orkal, Sacanas x Lendários do Marambaia.

Tricolor volta todas as suas atenções para a segunda fase da Série C, que começa no próximo dia 24
De colete laranja, o Gonçalense não teve dificuldades para golear.
Foto: Müller Souza/Divulgação.
7 a 0 foi o placar final do jogo-treino realizado na sexta-feira, entre Gonçalense e Futuro Bem Próximo. O Tricolor Metropolitano levou a melhor, no estádio José Alves Ventura, em Rio Bonito, na última atividade antes da estreia na segunda fase da Série C Estadual, que acontece no dia 24, contra o São Cristóvão.

Durante a prática, o treinador Emanoel Sacramento aproveitou para observar diversos jogadores do elenco, entre titulares e reservas, a exemplo do que havia sido feito há uma semana atrás, no amistoso contra o Boavista. Na ocasião, o time de Saquarema levou a melhor, fazendo 2 a 1.

Na reta final da Terceirona, o Gonçalense estará no Grupo F, ao lado de Artsul, Barcelona, Duque Caxiense, Esprof e Santa Cruz.

Marcos Paulo Gonçalves foi o herói da conquista, marcando lindo gol em jogada individual

Texto: Gabriel Farias / Foto: André Fabiano
Jogadores do Karanba recebem a taça e iniciam a festa do título.
Numa decisão que prezou pelo equilíbrio, o Karanba conseguiu levar a melhor, na final do Campeonato Gonçalense Pré-Mirim, graças a genialidade de seu atacante. Marcos Paulo Gonçalves, em arrancada fenomenal pela esquerda, limpou três marcadores até marcar o único da vitória conquistada neste sábado, no Campo do Cordeiros, em Santa Izabel.

Pelo terceiro ano consecutivo o time de Vista Alegre fatura o troféu no municipal sub-11. Esse ano a conquista teve um valor ainda maior, já que a campanha foi de 100% de aproveitamento. Em sete jogos disputados, todos foram vencidos. O ataque foi disparado o melhor da competição, com 27 gols marcados. A defesa, por sua vez, foi impecável, sem ser vazada nenhuma vez.

O jogo - A partida começou com o Karanba demonstrando estar mais à vontade, arriscando mais jogadas de ataque, e levando perigo com mais frequência. Tanto que aos 5 minutos, Marcos Paulo fez grande jogada pelo lado esquerdo e tocou na saída do goleiro, abrindo a contagem.

- Fui arrancando e quando cheguei de frente para o goleiro, só pensei em chutar - disse o camisa 11.

Depois de sair em desvantagem, o Mauá igualou as ações. O duelo ficou mais equilibrado, com os dois times alternando bons momentos. Sólida, a defesa do Karanba se segurou com firmeza, garantindo o terceiro título seguido do Gonçalense Pré-Mirim.

- O mérito é todo dos meninos, que trabalharam muito para isso. Temos também que parabenizar o Mauá, que é uma boa equipe e com muita tradição - declarou o treinador campeão, Wallace de Jesus.

Primeira rodada acontece na próxima quinta-feira, com Gonçalense jogando em casa, além de SGFC e Itaboraí atuando fora
Favoritos, Gonçalense e São Gonçalo FC se enfrentam no dia 27.
Foto: Gabriel Farias / Jorge Casagrande.
Finalmente a Ferj divulgou a tabela detalhada da segunda fase da Série C do Campeonato Carioca, onde as 12 equipes que se classificaram disputarão as quatro vagas de acesso para a Segunda Divisão de 2015. Os grupos, conforme o previsto, foram confirmados da seguinte forma. Grupo G: Artsul, Barcelona, Duque Caxiense, Esprof, Gonçalense e Santa Cruz. Grupo H: Arraial do Cabo, Itaboraí, São Cristóvão, São Gonçalo FC, São Pedro e Serrano.

A primeira rodada acontecerá na quinta-feira, dia 24. Das equipes do leste fluminense, o Gonçalense será o único a jogar em seus domínios. No estádio José Alves Ventura, receberá o São Cristóvão. O São Gonçalo FC vai até o Nivaldo Pereira, enfrentar o Artsul. O Itaboraí, por sua vez, pega o Santa Cruz, no Nielsen Louzada.

O tão esperado confronto entre Gonçalense e São Gonçalo FC, que se enfrentarão pela primeira vez, acontecerá na segunda rodada, no domingo, dia 27, às 15h. Jogando em casa, o São Gonçalo FC receberá o Tricolor, no estádio Carlos Gonçalves, em Rio Bonito.

Caminho do Gonçalense: São Cristóvão (casa), São Gonçalo FC (fora), Itaboraí (casa), São Pedro (fora), Arraial do Cabo (casa), Serrano (fora), Santa Cruz (casa), Artsul (fora), Duque Caxiense (casa), Barcelona (fora), Esprof (casa).

Caminho do São Gonçalo FC: Artsul (fora), Gonçalense (casa), Esprof (fora), Barcelona (casa), Duque Caxiense (fora), Santa Cruz (casa), Arraial do Cabo (fora), São Cristóvão (casa), Itaboraí (fora), Serrano (casa) e São Pedro (casa).

Caminho do Itaboraí: Santa Cruz (fora), Artsul (casa), Gonçalense (fora), Esprof (casa), Barcelona (fora), Duque Caxiense (casa), São Cristóvão (fora), Serrano (casa), São Gonçalo FC (casa), São Pedro (fora), Arraial do Cabo (casa).

Regulamento - No primeiro turno, as equipes dos Grupos G e H se cruzam, num total de seis rodadas. No returno, as partidas acontecem dentro das chaves. Apesar da divisão, a pontuação é contada de maneira corrida, juntando os 11 confrontos. Os líderes de cada lado, ao final da segunda fase, garantem o acesso e realizam a final da Terceirona. Os segundo e terceiro colocados farão cruzamentos, em duelos de ida e volta, para definirem os donos das vagas restantes na Segundona da temporada subsequente. 

Karanba vai em busca de mais um título e terá Mauá como adversário
O Karanba estará em campo com as categorias Mirim e Pré-Mirim.
Foto: Futebol Gonçalense.
O próximo sábado, dia 19, será movimentado no Campo do Cordeiros, em Santa Izabel. A Copa da Amizade Mirim e o Campeonato Gonçalense Pré-Mirim serão disputados em climas opostos. Enquanto a primeira competição ainda vai engrenando, a segunda chega em sua decisão.

A bola rola às 8h, na CA Mirim, para Karanba e Estrela Azul. Em seguida, às 9h30, o Craque Nota 10 enfrenta o Real. Depois de uma pausa para a decisão no Pré-Mirim, as partidas da Copa da Amizade voltam às 12h20, com Bragantino e Mauá, e às 14h, entre Almerinda e Dom Ricardo.

A grande final do Gonçalense Pré-Mirim acontece às 11h, entre Karanba e Mauá. Quem vencer leva o título. Em caso de empate, o caminho da taça será definido através das cobranças de pênaltis.