Rubros superaram o São Cristóvão e empurraram cadetes para colocação em que estavam os gonçalenses
O America venceu e salvou o São Gonçalo de passar a semana na zona
da degola. Foto: Rafa Tamburinni/Divulgação AFC.
Mesmo sem entrar em campo, o São Gonçalo Futebol Clube conseguiu deixar a zona de rebaixamento da Série B do Campeonato Carioca. Neste domingo, 29, no complemento da quinta rodada da Taça Santos Dumonto, o America superou o São Cristóvão com facilidade, no Luso Brasileiro, por 3 a 0.

O resultado colocou o America na liderança disparada do Grupo B, com 11 pontos e também na ponta da classificação geral. Os cadetes, no entanto, entraram na zona de descenso, em 17º. Com os mesmos quatro pontos do São Gonçao FC - agora 16º - o time da capital leva a pior no saldo de gols (-4, contra -3 dos gonçalenses).

Outro jogo realizado neste domingo pela Segundona Estadual foi a vitória do Americano sobre o Queimados, por 3 a 1, no estádio Ary de Oliveira, em Campos. O Alvinegro do Norte Fluminense divide a quinta posição do Grupo A com o Gonçalense. Ambos possuem oito pontos.

São Gonçalo FC vive momento curioso

Na luta contra o rebaixamento na classificação geral, o São Gonçalo pode seguir sonhando com as semifinais da Taça Santos Dumont, que ainda são um objetivo bem plausível. O Queimados - que está ficando com a segunda vaga do Grupo B - tem apenas três pontos a mais que os gonçalenses (7 a 4). Diferença que pode ser descontada na próxima rodada.

VEJA TAMBÉM

Classificação do Campeonato Carioca Série B

Equipes fizeram jogo de quatro gols; atuais campeões tiveram que correr atrás do placar
Unidos da Amizade (de preto) e Sociedade: empate no primeiro jogo.
Foto: Gabriel Farias.
No duelo que marcou o encerramento dos jogos de ida das quartas de final da Copa São Gonçalo de Futebol 7, Sociedade e Unidos da Amizade empataram por 2 a 2. O confronto foi realizado na tarde deste domingo, dia 29, no LA Esporte Clube, no bairro de Tribobó.

Os associados pularam na frente, abrindo dois gols de vantagem, mas o Unidos da Amizade - que busca o tricampeonato - teve forças para buscar a igualdade. Com o resultado, quem vencer na partida de volta fica com a vaga nas semifinais. Em caso de novo empate, a decisão será no shoot-out.

Unidos da Amizade e Sociedade ganham quinze dias de preparação até o segundo duelo, já que as partidas de volta das quartas de final serão realizadas apenas no fim de semana após a semana santa. No feriado da semana santa, as equipes envolvidas na Copa estarão de folga.

Jogo ficou empatado sem gols até a reta final, quando equipe azul e branca conseguiu o resultado positivo
Deivid, com a camisa nove, é festejado pelos companheiros após seus dois
gols. Foto: Gabriel Farias.
Na base da paciência, o Só Sequelas derrotou o Pita por 3 a 0, no jogo de ida das quartas de final da Copa São Gonçalo de Futebol 7. O confronto foi disputado neste domingo (29), no LA Esporte Clube, em Tribobó. O resultado positivo dá a vantagem do empate aos sequelados no segundo confronto, enquanto o Pita precisará vencer para forçar a disputa de shoot-out.

O equilíbrio foi a tônica do confronto. Os dois times buscavam o gol a todo instante. O Só Sequelas canalizava sua força ofensiva nos pés de Igor, que distrbuía boas jogadas, enquanto Deivid buscava as finalizações no trabalho de pivô. O Pita respondia com ataques em trio, sempre comandados pelo camisa 10 Ivan. Na primeira etapa, nada de gols.

E parecia que o segundo tempo passaria em branco também, mas qualidade não faltava. Fernando passou a ser a peça central de ataque do Pita. João Victor também chegava bem, mas as atuações do zagueiro Rafael Mariano e do goleiro PH, do Só Sequelas, iam garantindo o empate.

Com espaço nos contra golpes, o SS conseguiu enfim abrir o placar a cinco minutos do fim. Junior terminou uma ótima triangulação com finalização no canto. O Pita teve boa chance de igualar com Fernando, que não conseguiu aproveitar o momento agudo.

Em dois lances seguidos, o pivô Deivid fechou o caixão e garantiu a vitória do Só Sequelas. Em lances parecidos, ele fez o papel de homem-gol e finalizou duas jogadas com bom posicionamento, sacramentando o placar final: 3 a 0.

Só Sequelas e Pita aguardam agora a definição da Liga de São Gonçalo de Futebol 7 para saber quando voltam a campo para decidir a vaga nas semifinais da Copa São Gonçalo.

Jogo teve final eletrizante, mas equipe amarela conseguiu obter a vantagem para o duelo da volta
O Barta caiu diante do Galácticos no primeiro jogo da fase quartas de final.
Foto: Gabriel Farias.
O Galácticos impôs seu jogo e conseguiu vencer o Barta por 2 a 1, no jogo de ida da fase quartas de final da Copa São Gonçalo de Futebol 7. O duelo foi realizado neste domingo (29), no LA Esporte Clube, em Tribobó. Com o resultado positivo, os vencedores poderão empatar no confronto da volta. O Barta, por sua vez, precisa vencer para forçar a disputa de shoot-out.

Os dez primeiros minutos da etapa inicial foram de muito estudo e poucos lances de perigo. Enquanto o Barta optava por esperar o adversário, o Galácticos girava a bola de um lado para o outro tentanto encontrar os espaços. Ruan tentou duas vezes em bons chutes, mas foi Vitorino, em lindo giro no último minuto que colocou o Galácticos em vantagem: 1 a 0.

Após o intervalo Vitorino voltou a cumprir papel importante. Fazendo bem o trabalho de pivô, ele aparou a bola para Ruan, que dessa vez não titubeou, acertando chute inapelável para o goleiro Vinicius, fazendo o segundo do Galácticos.

Em desvantagem, o Barta cresceu com a entrada de Pedrinho, que fez boa dupla com Thiago, que vinha jogando muito isolado na primeira etapa. A dupla funcionou bem e Pedrinho conseguiu descontar para o Barta, que ainda ensaiou uma pressão no fim, mas insuficiente para alcançar o empate.

Galácticos e Barta aguardam agora a definição sobre a data do segundo confronto das quartas de final. A Liga de São Gonçalo de Futebol definirá durante a semana quando serão disputados os jogos.

Vencedores ficaram mais próximos da fase semifinal da Copa São Gonçalo de Futebol 7
O Serrana (de preto) abriu vantagem sobre o Jardim Alcântara nas quartas.
Foto: Gabriel Farias.
Na abertura das quartas de final da Copa São Gonçalo de Futebol 7, o Serrana largou na frente do Jardim Alcântara ao vencer o confronto de ida por 4 a 2. O jogo foi realizado no LA Esporte Clube, em Tribobó, neste domingo (29). Na volta, os serranistas poderão empatar para avançar. Ao JA, resta a responsabilidade pela vitória para forçar o shoot-out.

O Serrana levou vantagem no primeiro tempo, ao demonstrar mais inspiração e também sorte. Em cobrança de falta, Jonathan Gois desviou no meio do caminho, abrindo a contagem. No segundo gol, Butico finalizou forte e contou com novo desvio para matar o goleiro: 2 a 0.

O início do segundo tempo apresentou mais equilíbrio, mas foi o Serrana que marcou novamente. Kaique pegou rebote em chute de longe e fez o terceiro. O Jardim Alcântara acordou para o jogo e reagiu com Neto, que fez dois, demonstrando oportunismo. O mesmo Neto, numa cobrança de pênalti, teva a chance de igualar a contagem, mas parou no goleiro Márcio Bolt.

A punição para a penalidade desperdiçada veio rapidamente. Matheus Oliveira arriscou de cobertura da linha central do campo e conseguiu marcar o quarto do Serrana numa verdadeira pintura, que deu números finais ao jogo: 4 a 2.

Serrana e Jardim Alcântara aguardam agora a definição sobre a data dos jogos de volta das quartas de final. A Liga de São Gonçalo de Futebol 7 deverá definir a ordem dos confrontos no decorrer da semana.

Atuais campeões municipais venceram o Inah em jogo de muita entrega, mas fraco tecnicamente
O Bragantino (de azul) superou o Inah com um gol no fim da partida.
Foto: Gabriel Farias.
O Bragantino derrotou o Inah, por 1 a 0, no último sábado, em partida válida pela quarta rodada da Copa da Amizade Juvenil, realizada no Campo do Cordeiros, em Santa Izabel. O gol do jogo, marcado em cobrança de pênalti, foi de Matheus Aquino, em chute inapelável para o goleiro.

A vitória garantiu a classificação do Bragantino, que chegou ao segundo lugar do Grupo B, com 7 pontos, às quartas de final da Copa. Times como Karanba A e Almerinda também foram favorecidos pelo resultado e carimbaram seus passaportes à etapa eliminatória da competição.

A rodada de número quatro da Copa da Amizade Juvenil será complementada neste domingo (29), no Cordeiros, com os seguintes duelos: Kaf x Almerinda; Juventude x Karanba B. No fim de semama próximo, a primeira fase chega ao fim com a disputa da quinta rodada.

VEJA TAMBÉM
Classificação e tabela da Copa da Amizade Juvenil

O São Gonçalo FC, por sua vez, foi derrotado pelo Audax em jogo cheio de gols

O Gonçalense venceu sua segunda partida na Série B Sub-20 do Campeonato Carioca, no último sábado. No Catarinão, o Tricolor recebeu o Duque de Caxias, pela quinta rodada da Taça Santos Dumont, e não deu chances ao adversário, aplicando uma sonora goleada por 6 a 1.

O resultado deixa o Gonçalense na quinta colocação do Grupo A, com 7 pontos conquistados. O Tricolor segue vivo na luta para alcançar as semifinais, já que o São João da Barra, segundo colocado, possui 9 pontos. O Duque de Caxias, com a derrota, caiu para sétimo no Grupo B, com 6.

O São Gonçalo FC, que vinha de duas vitórias consecutivas, teve sua sequência positiva interrompida pelo Audax, que venceu no estádio Arthur Sendas, em São João de Meriti, pela contagem de 5 a 3. O SGFC está em quinto lugar na Chave B, com 6 pontos. O Audax é sétimo no Grupo A, com a mesma pontuação.

No próximo sábado, dia 4, as equipes voltam a campo para a sexta rodada da Taça Santos Dumont. O Gonçalense visita o Mangaratibense, no estádio José Maria de Brito Barros, na Costa Verde. Em Rio Bonito, no Carlos Gonçalves, o São Gonçalo recebe o Goytacaz.
Sempre atrás do marcador, equipe gonçalense não consegue arrancar o empate fora de casa

Por Jhonathan Jeferson / Foto: André Fabiano
Edu marcou novamente, mas não evitou novo tropeço do São Gonçalo FC.
Segue o jejum de vitórias do São Gonçalo FC na Série B Estadual. Neste sábado (28), diante do Audax, no estádio de Moça Bonita, em Bangu, os gonçalenses perdeam por 2 a 1. A partida, válida pela quinta rodada da Taça Santos Dumont, contou com gols de Vinicius e Sérgio Junior para os mandantes. Edu descontou.

Com o resultado, o São Gonçalo permanece com 4 pontos na sétima colocação do Grupo B. Já são quatro jogos sem vitória. Na classificação geral, os gonçalenses ocupam a 17ª posição, na zona de rebaixamento. O Audax foi a 10 pontos, ocupando a segunda posição do Grupo A.

Audax sai na frente, mas Edu iguala

O primeiro tempo começou em câmera lenta, com as equipes errando muito na altura do meio de campo, tanto que até a parada técnica, só houve uma oportunidade, quando Vinicius, do Audax, ficou cara a cara com Victor que fez boa defesa.

A pausa para hidratação funcionou para os donos da casa, que no primeiro lance conseguiram abrir a contagem. Castro chegou no fundo e cruzou na cabeça de Vinicius, que tocou no contra pé de Victor, que nada pôde fazer para evitar o gol: 1 a 0 para a Laranja Meritiense.

O São Gonçalo só respondeu aos 32 minutos, quando Dreivison chegou bem na ponta da área e cruzou rasteiro. Edu emendou de primeira pra fora. Aos 41 veio o empate. Raphael Neuhaus deu um chutão, a zaga do Audax bateu cabeça e Edu pegou a sobra, limpou a marcação e bateu no canto empatando o jogo em 1 a 1.

SGFC começa bem a segunda etapa, mas sofre gol em seu melhor momento

A primeira grande chance do segundo tempo foi do São Gonçalo, quando Waguinho puxou contra-ataque e tocou para Edu, que ajeitou o corpo e mandou para defesa de Raphael. O Audax respondeu com gol. Vinicius apostou corrida com Victor, chegou na frente e bateu. O goleiro do São Gonçalo fez a defesa, mas Vinicius pegou a sobra e rolou para Sérgio Junior, livre, só empurrar pro fundo do barbante, fazendo 2 a 1.

O SGFC tentou responder em cobrança de falta de Walber que passou rente ao poste esquerdo de Raphael. Logo depois, Walber tentou novamente cobrando escanteio. Edu escorou pro gol e Aderaldo salvou o Audax afastando o perigo e garantindo a vitória.

A próxima rodada da Série B Estadual acontece somente no próximo sábado, dia 4, quando o São Gonçalo FC recebe o Goytacaz, no estádio Alziro de Almeida, em Itaboraí. O Audax vai visitar o Olaria, na Rua Bariri.

Ficha Técnica
Audax Rio 2x1 São Gonçalo FC
Campeonato Carioca Série B - Taça Santos Dumont - 5ª Rodada
Estádio Moça Bonita, Bangu/RJ
Dia 28 de março (sábado) - 15h30

Árbitro: José Waldson de Mattos Modesto
Assistentes: Rafael da Silva Coimbra e Richardson Santos da Silva
Cartões Amarelos: Erik e Alex (Audax); Diego Mendes (SGFC)

Gols: Vinicius, 21'/1ºT (1-0); Edu, 41'/1ºT (1-1); Sérgio Junior, 18'/2ºT (2-1)

Audax Rio
Raphael; Wallace, Klézio, Aderaldo e Romarinho; Erik, Azevedo, Alex (Sérgio Junior) e Denilson (Adam); Castro e Vinicius. Técnico: Ailton Ferraz

São Gonçalo FC
Victor; Dreivison, Diego Mendes, Raphael Neuhaus e Matheus; Luciano (Walber), Ramon, Leozinho (Felipe Camacho) e Guilherme; Waguinho (Allan) e Edu. Técnico: Marquinhos Pereira

Renda/Público: Não disponíveis

VEJA TAMBÉM
Classificação do Campeonato Carioca Série B

Tricolor é melhor do começo ao fim e volta à disputa na parte alta da tabela

Texto e fotos: Gabriel Farias
Thiaguinho é cercado por dois marcadores do Duque de Caxias, no Alzirão.
O Gonçalense espantou pra longe a má fase que lhe cercava na Série B. Depois de três jogos sem vitória, o Tricolor Metropolitano recebeu o Duque de Caxias, neste sábado (28), no estádio Alziro de Almeida, em Itaboraí. A partida, válida pela quinta rodada da Taça Santos Dumont, terminou com o placar de 2 a 0. Os gols foram de Raí e João.

Com o resultado positivo, o segundo na Série B, o Gonçalense fica na quinta posição do Grupo A, com 8 pontos conquistados, voltando a sonhar com uma vaga nas semifinais do primeiro turno. O Duque de Caxias, por sua vez, está na quinta posição da Chave B, seguindo com 4 pontos.

Primeiro tempo de um time só

O treinador Emanoel Sacramento manteve a formação com três zagueiros que havia entrado em campo contra o Angra dos Reis. Uma diferença, no entanto, foi notada no meio de campo tricolor. Bernardo deu lugar a Beto, que assumiu o papel de ser o principal homem de ligação.

Empurrado por sua torcida, que compareceu em bom número ao Alzirão mais uma vez, o Gonçalense começou assustando aos 3 minutos, quando Sena cruzou na medida para Beto. O meia cabeceou e a zaga caxiense salvou em cima da linha. Dois minutos depois, foi a vez de Raí testar e o goleiro Jaime fazer ótima defesa.

Raí estava mesmo disposto a marcar seu primeiro gol pela equipe gonçalense. Aos 18 minutos, ele aproveitou cruzamento de Sabão e mandou de cabeça na trave. A pressão seguiu e o gol finalmente apareceu. Sena desceu pela esquerda, cruzou à meia altura e Raí se antecipou, marcando o primeiro do jogo e dando mais tranquilidade aos mandantes antes do intervalo.

Vitória na calmaria

No segundo tempo o Duque de Caxias seguiu sem ver a cor da bola, sendo inteiramente envolvido. O atacante João, que havia substituído o zagueiro Alemão - contundido - quase marcou com um minuto, aparando de cabeça uma cobrança de falta executada por Sena. Aos 3 minutos, a bola se ofereceu para João de novo. Dyeguinho ajeitou e o centroavante, embaixo da trave, concluiu de peito, dessa vez indo de encontro à rede: 2 a 0.


Raí briga no alto. Atacante desencantou e marcou seu primeiro gol com a camisa do Gonçalense.
Mesmo com boa vantagem no marcador, os donos da casa seguiram apertando em busca de uma goleada, mas faltou pontaria. Raí e João tiveram mais uma chance cada, antes da parada técnica, mas desperdiçaram. O volante Vinicius, do Duque, ainda foi expulso após a segunda falta com cartão amarelo.

Os espaços aumentaram, mas o Gonçalense seguiu desperdiçando uma série de oportunidades que poderiam transformar a vitória numa goleada. Na melhor delas, Sales tentou em chute cruzado, mas ninguém conseguiu desviar para o gol. Ficou mesmo no 2 a 0, o suficiente para retomar a boa fase no Lense.

O Tricolor ganha agora uma semana cheia para treinamentos e volta a campo no próximo sábado (4), às 19h, quando visitará o Mangaratibense, no Jair Toscano, em Angra dos Reis.

Ficha Técnica
Gonçalense 2x0 Duque de Caxias
Campeonato Carioca Série B - Taça Santos Dumont - 5ª Rodada
Estádio Alziro de Almeida, Itaboraí/RJ
Dia 28 de março (sábado) - 15h30

Árbitro: Gefferson Gonçalves Garcia
Assistentes: Thiago Varela dos Santos e Marcos Gabriel de Castro
Cartões Amarelos: Thiaguinho e Dyeguinho (GON); Vinicius e Kauer (DUQ)
Cartões Vermelhos: Vinicius (DUQ)

Gols: Raí, 35'/1ºT (1-0); João, 3'/2ºT (2-0)

Gonçalense
Julio; Anderson, Alemão (João) e Rodrigão; Thiaguinho (Sales), Pedrinho, Dyeguinho, Beto (Bernardo) e Sena; Raí e Sabão. Técnico: Emanoel Sacramento

Duque de Caxias
Jaime; Felipe Foca, Thiago Eleutério, Mayco e Luquinhas; Kauer, Felipe Alves (Vinicius), Cassiano (Lucas Formiga) e Thales Avellar; Glaucio e Lino (Jackson). Técnico: Mário Junior

Renda/Público: Não disponíveis

VEJA TAMBÉM
Classificação do Campeonato Carioca Série B

Equipe de Tribobó venceu a primeira na competição e se aproximou das quartas de final
Rennan Vieira marcou três vezes e comandou a vitória do Real sobre o Niterói.
Foto: Gabriel Farias.
Com uma apresentação de gala do atacante Rennan Vieira - que marcou três vezes - o Real derrotou o Niterói por 3 a 2, na manhã deste sábado (28), no Campo do Cordeiros, em Santa Izabel. A partida foi válida pela quarta rodada da Copa da Amizade Juvenil de Futebol.

A vitória manteve o Real em quarto no Grupo A, no limite da zona de classificação, com 6 pontos ganhos. O Craque Nota 10, primeiro time abaixo do G-4, tem apenas 1 ponto. Derrotado, o Niterói não possui mais chances de avançar às quartas de final e vai cumprir tabela na última rodada.

O jogo - Com a bola em jogo o Real voltou a apresentar um bom futebol. O desafio da vez era conquistar a vitória, já que havia empatado nas três ocasiões anteriores. O atacante Rennan demonstrou que estava inspirado. No primeiro tempo, marcou duas vezes. O segundo, num lindo toque por cobertura.

Após o intervalo o Real seguiu mais presente no ataque. Mais uma vez Rennan, dessa vez emm chute forte da entrada da área, fez o terceiro. A vantagem fez o Real se acomodar e o Niterói cresceu. Matheus Freire e Marcelo Anthony descontaram, dando emoção ao final do jogo. Se segurando na defesa, o Real ficou com os três pontos.

Na última rodada, que acontece no próximo fim de semana, o Niterói enfrenta o Craque Nota 10, no sábado (4). No dia seguinte, o Real pega o Karanba B.

VEJA TAMBÉM
Classificaçã e tabela da Copa da Amizade Juvenil

Jogo apresentou boa movimentação e qualidade técnica de ambos os lados
Educ Sports e Craque Nota 10 abriram a rodada no Campo do Cordeiros.
Foto: Gabriel Farias.
Na abertura da quarta rodada da fase classificatória da Copa da Amizade Juvenil, o Educ Sports derrotou o Craque Nota 10, por 3 a 2, em partida realizada no Campo do Cordeiros, em Santa Izabel, neste sábado (28). Com o resultado, o Educ assume provisoriamente a segunda colocação do Grupo A, com 7 pontos. O CN10 segue em quinto, com apenas um ponto.

O jogo - Melhor no primeiro tempo, o Educ Sports abriu vantagem no marcador. Marcos Renan e Fabricio Rosa colocaram a equipe com boa folga no placar. Demonstrando disposição, o Craque Nota 10 foi em busca do empate. Primeiro com Wellington Freiman, depois com Douglas dos Santos.

Só que a reação do Craque Nota 10 foi abafada logo na sequência, num dos últimos lances do confronto. Matheus Gouvêa demonstrou oportunismo, fez o terceiro do Educ Sports, garantindo os três pontos e a vice-liderança da chave, enquanto o Craque permanece fora da zona de classificação.

Na quinta rodada, o Craque Nota 10 enfrenta o Niterói, enquanto o Educ Sports terá pela frente o Juventude. Ambas as partidas acontecem no sábado, dia 4.

VEJA TAMBÉM
Classificação da Copa da Amizade Juvenil

Treinador foi mais um criticar duramente a arbitragem da partida contra o Sampaio Corrêa, mas pediu cabeça fria para o prosseguimento da competição
Marquinhos Pereira valorizou esforço dos jogadores do São Gonçalo FC.
Foto: Gabriel Farias.
O treinador Marquinhos Pereira não se conformou com o empate por 3 a 3 do São Gonçalo FC contra o Sampaio Corrêa. Não pelo desempenho de seu time, mas pela atuação do árbitro da partida, que assinalou um pênalti duvidoso aos 48 minutos do segundo tempo. O treinador do SGFC lembrou seguidos erros contra sua equipe e pediu mais força dos dirigentes nos bastidores da Ferj.

- A gente é profissional, como eles (os árbitros) se consideram. Acontece que o estádio inteiro viu que não houve nada. Deu um pênalti aos 48 minutos do segundo tempo. O Sampaio teve méritos de fazer 2 a 0 no primeiro tempo, nos encurralaram, soubemos reverter melhorando o posicionamento com a entrada do Ramon, mais forte na forte na marcação, assim como o Leozinho, que segurou mais a bola. Revertemos para 3 a 2 e aconteceu o que todos viram - sintetizou Marquinhos, que não deixou de valorizar seus comandados.

- Parabenizamos nossos atletas pela entrega e esforço. Já é o terceiro jogo que nos prejudicaram. Enaltecemos nosso trabalho, mas temos que ficar de olho aberto nos bastidores, com uma representação mais ativa na federação, vetando alguns árbitros. Cumprimos com nossas obrigações e sempre somos prejudicados - alertou.

Cabeça fria contra o Audax

O São Gonçalo FC terá mais um importante desafio neste sábado (28), pela quarta rodada da Taça Santos Dumont. O adversário da vez será o Audax, em Moça Bonita. Manter os ânimos no lugar, esquecendo os erros de arbitragem é a única solução, conforme explica Marquinhos Pereira.

- Temos que descansar, nos recuperar, conversar com os atletas, retomando o ânimo e a calma. Temos que ser mais razão, deixando a emoção de lado. Vamos preparar algo para esse jogo contra o Audax, que é mais uma partida muito difícil.

Zagueiro teve atuação muito ruim no primeiro tempo, mas conseguiu melhorar na etapa complementar
Douglas teve um jogo de opostos: péssimo primeiro tempo e ótima segunda
etapa. Foto: Gabriel Farias.
O técnico Marquinhos Pereira sacou o zagueiro Diego Mendes do time titular do São Gonçalo FC e promoveu a estreia de Douglas, no empate em 3 a 3 contra o Sampaio Corrêa. O primeiro tempo de novato, no entanto, foi para ser esquecido. Inseguro, foi facilmente envolvido no lance do primeiro gol e ainda se atrapalhou em lances fáceis, apresentando muito nervosismo.

- Não tive um começo muito bom, estava meio apreensivo, mas graças a Deus no intervalo tive uma força espiritual para voltar e reverter o quadro. Conseguimos virar o placar, mas infelizmente o árbitro tirou nossa vitória. Éramos para sair de campo comemorando o resultado positivo, mas infelizmente a arbitragem nos prejudicou - disse Douglas, que apresentou uma postura mais segura nos 45 minutos finais.

O zagueiro também demonstrou insatisfação com árbitro da partida, que assinalou um pênalti polêmico para o Sampaio Corrêa, aos 48 minutos do segundo tempo. Douglas, que estava próximo ao lance, acredita que o juiz se equivocou.

- Hoje em dia não podemos falar muito, mas como estava próximo, vi que o Victor saiu com a bola na mão, travando a jogada. A bola nem andou. Mas agora temos que trabalhar porque sábado já tem outra guerra.

O São Gonçalo FC visita o Audax Rio, neste sábado (28), no estádio de Moça Bonita, em Bangu, às 15h30.

Equipes entram em campo lutando para se aproximar de uma vaga nas quartas de final
Equipes voltam a campo para mais uma rodada da Copa da Amizade.
Foto: Gabriel Farias.
Cinco jogos serão realizados neste fim de semana, dias 28 e 29 de março, no Campo do Cordeiros, em Santa Izabel, pela quarta rodada da Copa da Amizade Juvenil de Futebol. Os confrontos possuem teor decisivo, já que podem sacramentar a classificação de algumas equipes à fase quartas de final da competição.

No sábado, a partir das 8h, serão três confrontos: Educ Sports x Craque Nota 10, Niterói x Real, Inah x Bragantino. Equipes como Educ Sports, Real e Bragantino podem se aproximar da vaga na etapa eliminatória da Copa em caso de conquistarem resultados positivos. Seus adversários precisam obrigatoriamente dos três pontos para seguirem com vida.

No complemento da rodada, no domingo, mais duas partidas estão previstas. A emoção começa às 10h: Kaf x Almerinda, Juventude x Karanba B. O primeiro duelo coloca frente à frente dois times que ainda buscam afirmação. No outro confronto, líder e vice-líder do Grupo A se enfrentam pela ponta da tabela.

Dois jogos no mirim

O Campeonato Gonçalense Mirim contará com dois embates neste sábado, dia 28, ambos pelo Grupo B. Almerinda e Performance jogam às 13h30. Na sequência, às 15h, CTFP e Dom Ricardo entram em campo. Os quatro envolvidos estão embolados na tabela de classificação.

VEJA TAMBÉM
Classificação e tabela do Campeonato Gonçalense Mirim
Classificação e tabela da Copa da Amizade Juvenil

Jogador ainda não conseguiu marcar em quatro partidas com a camisa tricolor
Raí deixou o campo preocupando a comissão técnica, mas deve jogar no
sábado. Foto: Divulgação/GFC.
O atacante Raí, do Gonçalense, deixou o campo na derrota para o Angra dos Reis, na última quarta-feira, com o ombro imobilizado devido a uma dividida com o goleiro adversário. Integrantes da comissão técnica tricolor chegaram a temer por um desfalque, mas foi constatada apenas uma deformidade óssea no camisa nove, que deverá estar à disposição para o jogo contra o Duque de Caxias.

- No primeiro tempo ele sofreu uma pancada muito forte. O braço ficou um pouco desalinhado. Acreditamos que foi na dividida com o goleiro. Com o sangue quente ele não sentiu - disse o fisioterapeuta Vinicius Tartaglia.

Raí foi levado a um hospital em Angra dos Reis, onde teve seu ombro radiografado. A tendência é que o atleta seja poupado das atividades e esteja em condições de jogo neste sábado (28), quando o Gonçalense recebe o Duque de Caxias, no Alzirão, às 15h30.

Colaborou: Rennan Rebello (Moinhos de Vento e EsporteGrafia)

Tricolor alcançou marca negativa de três jogos sem vencer na Segundona; defensor garante ambiente tranquilo
Rodrigão quer Gonçalense tranquilo para buscar a recuperação na Série B.
Foto: Gabriel Farias.
O Gonçalense sofreu sua primeira derrota na Série B do Campeonato Carioca, na última quarta-feira, diante do Angra dos Reis, fora de casa. Como vinha de dois empates consecutivos, o Tricolor acabou transformando sua invencibilidade numa série negativa, de três jogos sem vitória.

O zagueiro Rodrigão, um dos líderes no elenco do Gonçalense, admitiu que atuação de sua equipe foi abaixo do esperado na Costa Verde. Ele também elogiou o poder de definição do Angra dos Reis.

- Praticamente nosso time não veio hoje. Os caras jogaram bem, nós não aproveitamos as chances, eles aproveitaram e conseguiram o resultado - disse o zagueiro, que não viu acomodação por parte de seus companheiros depois de conseguirem sair na frente do placar.

- Não nos acomodamos. O campo também não ajudou. Eles mandaram no jogo, nós buscamos o resultado, mas futebol é isso mesmo.

O próximo compromisso do Gonçalense na Série B será neste sábado, dia 28. Será a chance de recuperar na competição. O adversário será o Duque de Caxias, no Alzirão, às 15h30.

- A cabeça está tranquila. Temos que descansar e buscar a vitória dentro de casa para nos recuperarmos - encerrou Rodrigão.

Colaborou Rennan Rebello (Moinhos de Vento e EsporteGrafia)

Azul e Branco não se intimida e vence com autoridade

Texto e Fotos: Jhonathan Jeferson
Jhonata tenta passar da marcação de Rafael, do São Gonçalo Esporte Clube.
O São Gonçalo Esporte Clube, que se prepara para o Campeonato Carioca da Série C, enfrentou o Gonçalense na tarde desta quinta-feira (26) e venceu por 3 a 1, gols de Hiago, Juninho e Índio, com Sena descontando para o Tricolor. A partida foi realizada no Estádio do Ponta Negra, em Maricá, onde o SGEC vem realizando parte de sua pré-temporada.

São Gonçalo Esporte Clube entra ligado no 220 e faz o resultado em oito minutos

Com aproximadamente 15 dias de preparação, o SGEC não se intimidou com o adversário que vinha com uma equipe reserva, mas que contava com jogadores que vem sempre atuando na equipe principal, como Sales, Sena, Beto, Gilmax e Giovanni. Logo com oito minutos, o Azul e Branco já vencia por 2 a 0. 

O primeiro gol saiu após lançamento do goleiro Leandro. A zaga tricolor bateu cabeça, Marcos Vinicius dominou e deixou Hiago na boa para marcar o primeiro gol da partida. Logo em seguida, Juninho fez jogada indivual e bateu de fora da área, acertando o canto de Diego, ampliando a conta para 2 a 0.

No último minuto da primeira etapa, o Gonçalense puxou contra-ataque e Giovanni achou Sena livre, que só ajeitou o corpo e tocou na saída de Leandro, que nada pôde fazer.

Segundo tempo morno: gol só no final

Com as equipes bem modificadas, o futebol caiu um pouco e ficou até em segundo plano em alguns momentos da etapa complementar. Mas o SGEC soube se defender bem e tentava sair nos contra-ataques. E perdeu duas boas chances com Hiago e Juninho, assim como o Gonçalense desperdiçou com Gilmax.
Juninho consegue um passe de letra por entre as pernas de Sales.
Mas no finalzinho Mariel cobrou falta na cabeça de Índio, que foi mais esperto que a defesa e testou no canto de Jean, fechando a contagem em 3 a 1.

Formações iniciais:

São Gonçalo EC
Leandro; Rafael, Davidson, Matheus e Bruce; Ronald, Marcelo, Jomar e Juninho; Marcos Vinicius e Hiago

Gonçalense
Diego; Sorriso, Joseph, Yago e Sena; Alan, Jhonata, Beto e Giovanni; Gilmax e João

Nesta sexta (27), o SGEC continua a sua pré temporada visando a Série C do Carioca, onde estreia no dia 3 de maio, diante do Heliópolis; já o Gonçalense volta a treinar amanhã para a partida de sábado (28), diante do Duque de Caxias, no estádio Alzirão, em Itaboraí.

Atacante marcou duas vezes, mas viu a vitória ir por água abaixo no último lance da partida
Edu marcou dois gols, mas deixou o campo sem motivos para comemorar.
Foto: Gabriel Farias.
Um assunto predominou entre os jogadores do São Gonçalo Futebol Clube após o empate por 3 a 3 com o Sampaio Corrêa: arbitragem. O atacante Edu, que marcou dois gols, seguiu o tom do goleiro Victor, fazendo duras críticas ao árbitro da partida, Celso Tavares da Silva Filho, que assinalou um pênalti duvidoso no último minuto de jogo.

- É ridículo o que estão fazendo com o São Gonçalo FC na Série B. É o terceiro jogo que somos prejudicados, o segundo dentro de casa. O árbitro dar um pênalti desse aos 48 minutos do segundo tempo, onde todos viram que não foi pênalti, prejudicando o trabalho de diversas pessoas, não existe. É ridículo. Tenho que falar - desabafou o artilheiro do SGFC na Segundona, com três gols.

Edu contribuiu para o que vinha se configurando como uma vitória heroica. Após sair perdendo por 2 a 0, o São Gonçalo foi buscar a virada. O camisa nove marcou duas vezes, mas sequer esboçou comemoração pela atuação individual após o confronto.

- Trocaria meus dois gols pela vitória, pelos três pontos, que era o mais importante para o campeonato. Depois do que o árbitro fez, nem consigo pensar nos meus gols. O Victor saiu limpo na bola, sem encostar no Romulo. Para compensar a expulsão do jogador deles, o juiz deu esse pênalti ridículo - finalizou Edu, lamentando mais uma vez o lance que tirou dois pontos do SGFC.

O próximo desafio dos gonçalenses na Série B acontecerá no sábado, dia 25, contra o Audax Rio, às 15h30. A partida, válida pela quinta rodada da Taça Santos Dumont, acontecerá em Moça Bonita.

VEJA TAMBÉM
Classificação do Campeonato Carioca Série B