Meia pede que equipe vá em busca dos três pontos contra a Esprof, mesmo fora de casa
Jomar espera que SGEC se reabilite contra a Esprof. Foto: Divulgação/SGEC.
A derrota dentro de casa para o Artsul definitivamente não estava nos planos do São Gonçalo Esporte Clube. Além de perder a invencibilidade na Série C, o Mais Querido caiu para o terceiro lugar do Grupo B. O meia Jomar não fez rodeios ao analisar o revés. Para o camisa 10, deixar escapar os três pontos no domínio gonçalense era algo que não poderia ter acontecido.

- Centralizamos muito o jogo e ficamos muito atrás, aceitando a pressão do Artsul, que é uma boa equipe, até melhor do que esperávamos. No segundo tempo acertamos um pouco, mas tomamos um gol quando estávamos melhorando na partida. O resultado é péssimo. Quem quer ser campeão tem que ganhar dentro e fora de casa. Dentro então, nem se fala. Agora é levantar a cabeça e trabalhar para o próximo jogo - disse Jomar, que espera ver oo SGEC retomando o caminho das vitórias contra a Esprof, no domingo (31).

- Na Série C não temos muita informação dos outros times, então contra qualquer equipe temos que entrar ligados, com motivação. Temos que acertar no que erramos diante do Artsul para sair com a vitória. Não tem outra conversa.

São Gonçalo EC e Esprof se enfrentam no próximo domingo, dia 31, no estádio Alair Corrêa, em Cabo Frio, às 15h. O time da Região dos Lagos perdeu as três partidas disputadas até aqui na Terceirona.

Zagueiro vem atuando entre os titulares desde a chegada do treinador Mário Marques
Yago lamentou o azar do Gonçalense na Série B. Foto: Gabriel Farias.
Após mais um tropeço na Série B Estadual, o Gonçalense vai vendo as chances de acesso diminuírem gradativamente. No empate diante do Americano, por 1 a 1, o Tricolor teve o controle do jogo, mas voltou a pecar na hora de finalizar as jogadas. Para o zagueiro Yago, a falta de sorte tem perseguido o time do Jardim Catarina.

- Temos que trabalhar um pouco mais. A pegada está boa, excelente, mas está faltando um pouco de sorte mesmo. A bola vai, bate, rebate e não entra, mas vamos seguir juntos - garantiu o defensor em entrevista ao programa Moinhos de Vento.

O Gonçalense ainda possui mais três jogos pela frente na Taça Corcovado, segundo turno da Série B. O primeiro deles é no sábado (30). Na Rua Bariri, o Tricolor visita o São Cristóvão. Para tentar buscar uma improvável classificação às semifinais, só a vitória interessa.

Defensor também destacou período de descanso que o elenco tem até o próximo compromisso pela Segundona
Fernando destacou bom desempenho do São Gonçalo FC fora de casa.
Foto: Futebol Gonçalense.
Se não consegue embalar dentro de casa (com apenas uma vitória em seis jogos) o São Gonçalo Futebol Clube conta com o bom retrospecto fora dos seus domínios para se manter vivo na luta pelas semifinais da Série B Estadual. Fora, são quatro vitórias em sete partidas. Um desempenho bem superior do que na condição de mandante. O zagueiro Fernando comentou a curiosa trajetória do SGFC.

- Satisfeito não ficamos, mas não podemos levar para o lado ruim. Temos uma porcentagem muito boa fora de casa. Vamos levantar a cabeça e aproveitar essa folga para nos prepararmos bem e buscarmos a classificação - analisou.

O São Gonçalo, depois de vencer o Mangaratibense por W.O., volta a folgar no próximo fim de semana. Bola rolando só no dia 6 de junho, quando os gonçalenses receberão o Queimados, no Alzirão, pela sétima rodada da Taça Corcovado.

Depois de perder para o Artsul, gonçalenses vão encarar equipe que vem de três derrotas seguidas na Terceirona
Eduardo Ferreira estreou com derrota. Expectativa é por vitória contra a
Esprof. Foto: Divulgação/SGEC.
O São Gonçalo Esporte Clube perdeu pela primeira vez na Série C Estadual, mas os jogadores demonstraram serenidade na hora de avaliar o resultado negativo. O zagueiro Eduardo Ferreira, que fez sua estreia, lamentou que um único momento de desatenção tenha resultado no revés contra o Artsul. Para ele, o acontecido tem que servir de aprendizado.

- Eles jogaram por uma bola e foi o que aconteceu. Numa desatenção nossa o gol deles saiu. Tivemos duas vitórias, uma derrota e agora temos que trabalhar para que isso não volte a acontecer.

Ao projetar o confronto diante da Esprof, Eduardo lembrou que um tropeço não pode acontecer. O adversário perdeu todas até aqui na Terceirona, sendo que em duas oportunidades sequer foi a campo, já que não tinha atletas regularizados no Boletim Informativo da Ferj.

- Não pode dar chance a morto. Não querendo desmerecer o time deles, mas temos que buscar a vitória. Vamos fazer nosso trabalho, ouvir o que o professor Reginaldo tem a dizer e procurar voltar de lá com a vitória.

São Gonçalo EC e Esprof se enfrentam no próximo domingo, dia 31, no estádio Alair Corrêa, em Cabo Frio, às 15h.

Tricolor peca pelo excesso de igualdades no segundo turno, vê desempenho cair e adversários diretos abrirem vantagem
O Gonçalense terá que melhorar seu desempenho e ter sorte para avançar.
Foto: Gabriel Farias.
O Gonçalense, que projetou o acesso à Série A do Rio de Janeiro logo em seu primeiro ano na Segundona, vê o sonho se tornar cada vez mais algo distante. Depois de novo tropeço em casa, dessa vez diante do Americano, por 1 a 1, o Tricolor voltou a se afastar dos líderes do Grupo A.

Com seis pontos conquistados em cinco jogos na Taça Corcovado, o Gonçalense está a quatro de Portuguesa e Americano, que formam o G-2, ambos com 10 pontos. Outro fator que complica a vida do Lense é que os líderes possuem um jogo a menos e podem aumentar ainda mais a distância.

Depois de estar bem próximo das semifinais da Taça Santos Dumont, o Gonçalense tropeçou diante de São Gonçalo FC e Queimados e acabou eliminado na primeira fase. A má fase se extendeu ao segundo turno, quando chegou a ficar mais três partidas sem vitória. O primeiro triunfo veio na quarta rodada, contra o Audax Rio, na estreia do treinador Mário Marques.

Para tentar reverter o quadro, o Tricolor de São Gonçalo ainda conta com mais três jogos, diante de Goytacaz (em casa), além de São Cristõvão e Sampaio Corrêa (fora). A conta é simples: vencer tudo e torcer pelo máximo de tropeços possíveis das equipes que estão à frente como Portuguesa, Americano, Goytacaz e São Cristóvão. Só assim a elite do Rio poderá se tornar realidade em 2016.

SAIBA MAIS
Classificação do Campeonato Carioca Série B

Com mais três jogos pela frente na Taça Corcovado (sendo dois em casa) gonçalenses possuem boas chances de chegar às semifinais
O São Gonçalo FC segue de olho na vaga para as semifinais da Série B.
Foto: Gabriel Farias.
O São Gonçalo Futebol Clube não entrou em campo na rodada do fim de semana pela Série B Estadual - a quinta da Taça Corcovado - mas acabou vencendo por W.O. O Mangaratibense, que seria o adversário da vez, foi excluído da competição por dívidas acumuladas junto à Ferj. Com mais três pontos, o SGFC soma 10 e está no G-2 do Grupo B.

O tropeço de um concorrente direto por vaga nas semifinais também ajudou o São Gonçalo FC. O Olaria, dentro de casa, perdeu para o Duque de Caxias, o que permitiu que os gonçalenses alcançassem a vice-liderança. Se o turno terminasse hoje, o SGFC estaria entre os melhores e disputaria as semifinais, o que manteriam acesas as chances de acesso.

Com quatro rodadas pela frente (serão três jogos e uma folga) o São Gonçalo FC depende apenas de si para avançar. Para isso precisa vencer Duque de Caxias e Queimados no Alzirão, e o America, no Giulite Coutinho. Apesar de dois duelos como mandante, o SGFC terá que melhorar seu desempenho como anfitrião. Das cinco vitórias na Segundona, apenas uma aconteceu diante de sua torcida, no clássico contra o Gonçalense.

SAIBA MAIS
Classificação do Campeonato Carioca Série B

Equipe bateu o Unidos da Amizade (até então bicampeão) e ficou com o título inédito
É CAMPEÃO! Com campanha irreparável, o Galáticos faturou a Copa São
Gonçalo de Futebol 7. Foto: Divulgalção/LSGF7.
Chegou ao fim no último domingo (24) a Copa São Gonçalo de Futebol 7. E o grande campeão foi o Galáticos. Com uma campanha irreparável, onde venceu todos os 10 jogos disputados, a equipe amarela sacramentou a conquista do título ao bater o Unidos da Amizade pela segunda vez na decisão. No confronto derradeiro, vitória por 4 a 2, no LA Esporte Clube, em Tribobó.

Apesar da diferença de dois gols, a decisão não foi vencida com facilidade. Até a reta final da partida, Galáticos e Unidos da Amizade empatavam por 2 a 2. O Unidos precisava de mais um tento para forçar a disputa da prorrogação. No entanto, nos cinco minutos finais, o Galáticos deslanchou e marcou mais duas vezes, assegurando a taça. Os gols da conquista foram de Gabriel Rezende, Gustavo Coutinho, Luiz Fernando e Rodrigo Larichia. Renan Viana e Paulo Arthur descontaram.

Nas premiações individuais o Galáticos também marcou presença, conseguindo emplacar o craque da Copa São Gonçalo, que foi Gustavo Coutinho. Terceiro colocado, o Pita teve escolhido Paulo Vitor como melhor goleiro. O artilheiro foi José Miguel Neto, do Jardim Alcântara, com 12 gols anotados ao longo da competição.

Supercopa vem aí - Sem muito tempo para descanso, as equipes do futebol 7 de São Gonçalo iniciam no próximo fim de semana a disputa da Supercopa Gonçalense. Serão 40 times na disputa. A competição terá formato de Copa do Mundo, iniciando com fase de grupos e na sequência, partindo para as eliminatórias. O sorteio das chaves acontece nesta quarta-feira (26).

Em meio aos festejos pela comemoração da emancipação do município, Águia voa alto e mantém 100% de aproveitamento
Raí fez dois na goleada do Itaboraí sobre a Juventus. Foto: Divulgação/ADI.
A cidade de Itaboraí comemorou na última sexta-feira, dia 22 de maio, seu aniversário de 182 anos de emancipação política. E o jeito que os jogadores da Associação Desportiva Itaboraí encontraram de presentear a população foi dando um show de bola na goleada sobre a Juventus, por 6 a 1, na tarde deste domingo (24), no Estádio Municipal Alziro de Almeida.

A partida foi válida pela terceira rodada da Série C do Campeonato Carioca. Com mais três pontos somados, a Águia totaliza seis, ficando com a segunda colocação do Grupo B. Com um jogo a menos que os concorrentes diretos, o Itaboraí já está na zona de classificação aos play-offs de acesso e a um ponto de liderança.

Dentro de campo o Itaboraí utilizou das jogadas aéreas para encaminhar a vitória. Primeiro Pedro aproveitou cobrança de escanteio e inaugurou o placar. Utilizando da mesma arma, foi a vez do gigante Fabão ampliar. Antes do intervalo, ainda deu tempo de Filipinho e Caio Cezar marcarem, fechanco a etapa inicial em 4 a 0.

Cabia mais? Claro que cabia! O homem-gol Raí demonstrou oportunismo no início do segundo tempo para anotar o quinto da partida, o primeiro dele com a camisa azul. Logo na sequência, o matador fez mais um. Com seis gols de vantagem, o Itaboraí "descansou" e viu a Juventus descontar aos 42 minutos. Nada que abalasse a festa "político-esportiva" que a cidade vive neste fim de semana.

SAIBA MAIS
Classificação do Campeonato Carioca Série C

Artsul é melhor na totalidade da partida e consegue triunfo pela contagem mínima em Saquarema
Sobrou vontade e faltou inspiração na derrota do São Gonçalo para o Artsul.
Foto: Divulgação/SGEC.
Chegou ao fim a invencibilidade do São Gonçalo Esporte Clube na Série C do Campeonato Carioca. Após duas vitórias consecutivas, o time papa-goiaba foi superado pelo Artsul, por 1 a 0, na tarde deste domingo (24), no Estádio Eucyr Resende, em Saquarema. O revés fez o Mais Querido cair para o terceiro lugar do Grupo B, com seis pontos. O próximo jogo será diante da Esprof, fora de casa, no dia 31.

Para um jogo que envolvia duas equipes candidatas ao acesso, o nível técnico do primeiro tempo deixou a desejar. Foram raros os momentos em que os torcedores sentiram algum tipo de emoção. O Artsul chegou com mais perigo pela direita, com Luciano, que obrigou Silézio a fazer ótima defesa. Os donos da casa só apareceram no ataque aos 27 minutos, quando Jomar aproveitou lançamento de Carlos Kobai, mas acabou finalizando por cima da meta.

Veio o segundo tempo. Disposto a abrir um pouco mais seu time, Reginaldo Assad colocou o atacante Luiz Felipe na vaga do volante Marcelo Muniz. No entanto, o Artsul acabou desarticulando a estratégia gonçalense com um gol aos oito minutos, quando João Douglas recebeu na entrada da área e chutou cruzado de perna direita, inaugurando o placar.

O São Gonçalo EC passou então a se lançar ao ataque. O lateral-esquerdo Dudu e o meia-atacante Neto foram as últimas armas de Assad, que viu sua equipe demonstrar falta de inspiração na hora de criar as jogadas. Pelo alto, Eduardo Ferreira assustou o goleiro Adilson em cabeçada rente à trave.

O Artsul seguiu na mesma postura, apostando sempre nos contra golpes. E quase coonseguiu amplicar em duas boas arrancadas. Na primeira delas, Renato parou em Silézio. Na sequência, foi a vez de Obina tentar. Ele caprichou, mas viu o arqueiro do São Gonçalo crescer novamente e ainda contar com a ajuda da trave, que afastou o perigo. Ficou mesmo no 1 a 0.

Ficha Técnica
São Gonçalo EC 0x1 Artsul
Campeonato Carioca Série C - 1ª Fase - 3ª Rodada
Estádio Eucyr Resende, Saquarema (RJ)
Dia 24 de maio (domingo) - 15h

Árbitro: Fernando Moraes de Queiroz Varella
Assistentes: Marcos Gabriel de Castro e Rodrigo Azevedo de Lacerda
Cartões Amarelos: Carlos Kobai, Roberto Brum, Juninho e Silezio (SGEC); Juan, Adam e Edu Pina (AFC)

Gols: João Douglas, 8'/2ºT (0-1)

São Gonçalo Esporte Clube
Silezio; Juninho, Eduardo Ferreira, Luiz Alberto e Carlos Kobai (Dudu); Ronald (Neto), Marcelo Muniz (Luiz Felipe), Mariel, Roberto Brum e Jomar; Hiago. Técnico: Reginaldo Assad

Artsul
Adilson; Luciano, Alex, Adam e Juan (Luiz Eduardo); Alan, Renato (Anthony), Rafael Farias e Edu Pina; Obina e João Douglas (Gabriel). Técnico: Luiz Alexandre Martins

VEJA TAMBÉM
Classificação do Campeonato Carioca Série C

Quarta e penúltima rodada da fase classificatória teve clima de definição

O Campeonato Gonçalense Infantil de Futebol teve sua quarta rodada sendo realizada no último sábado (23), no Campo do Cordeiros, em Santa Izabel. Ao todo, quatro partidas foram disputadas. Com os resultados, cinco times garantiram vaga nas quartas de final. Karanba, Craque Nota 10, Cacaral, Almerinda e Kaf se juntaram ao Dom Ricardo, que já tinha alcançado tal feito.

No Grupo A, o G-4 está totalmente definido. O Karanba goleou o Colorado por 7 a 0 e se manteve em segundo lugar, com sete pontos, empatado com o Dom Ricardo, que lidera e esteve de folga. Na mesma chave, o Craque Nota 10 enfim venceu a primeira. E que triunfo! 5 a 0 para cima do Cacaral, resultado que lhe valeu o terceiro lugar. Ambos estão classificados. O Colorado está fora.

No Grupo B só dois participantes carimbaram seus passaportes. O Almerinda superou o Jokey do Futuro por 2 a 0 e assumiu a ponta da tabela. O Kaf, que folgou, caiu para segundo, mas também se garantiu no G-4 com uma rodada de antecedência. O Bragantino, em sua última partida na primeira fase, goleou o Real por 4 a 1 e entrou na zona de classificação.

A última e decisiva rodada da primeira fase acontece no próximo sábado, dia 30. Nela serão apontadas as outras duas equipes que avançam às quartas de final, além de serem definidos os cruzamentos da mesma. Os seguintes duelos estão previstos no Cordeiros: Karanba x Craque Nota 10 (8h), Real x Kaf (9h30), Bragantino x Almerinda (11h) e Cacaral x Dom Ricardo (12h30).

VEJA TAMBÉM
Classificação e tabela do Campeonato Gonçalense Infantil
Goleada sobre o Arte Carioca mantém equipe na ponta da tabela e com 100% de aproveitamento
O Rui Barbosa vai liderando a categoria sub-15 com 100% de aproveitamento.
Foto: Divulgação.
A terceira rodada da Copa da Amizade de Futsal Sub-15 foi realizada no último sábado (23), no ginásio da Universidade Salgado de Oliveira (Universo), em Trindade. Líder da competição, o Rui Barbosa venceu pela terceira vez seguida e manteve os 100% de aproveitamento no primeiro turno. A vítima da vez foi o Arte Carioca e o placar final apontou 11 a 2.

Em segundo lugar vem o Cecília Meirelles, que alcançou sua segunda vitória consecutiva. Em jogo apertado, despachou o College por 5 a 3. No outro duelo da rodada, o Cesp se recuperou na Copa após duas derrotas seguidas. Os primeiros três pontos foram conquistados sobre o Santa Terezinha: 4 a 3.

Sub-17 - Entre os juvenis, a Copa da Amizade de Futsal contou com duas partidas. O Cejop fez 6 a 2 sobre o Rui Barbosa e assumiu a ponta da tabela. Por sua vez, o College não deixou por menos e aplicou 8 a 2 pra cima do Colégio Alcântara, ficando com o segundo lugar.

A próxima rodada da Copa da Amizade, nas categorias sub-15 e sub-17, está prevista para acontecer no dia 30, no Colégio Rui Barbosa, no bairro Raul Veiga.

SAIBA MAIS
Classificação e tabela da Copa da Amizade de Futsal Sub-15
Classificação e tabela da Copa da Amizade de Futsal Sub-17

Tricolor sai na frente, sofre empate, mas não consegue aproveitar vantagem numérica para voltar à dianteira

Texto e foto: Rennan Rebello
No Alzirão, tudo igual para Gonçalense e America, no Grupo A da Série B.
O Gonçalense voltou ao Alzirão, contou com boa presença de sua torcida em Itaboraí, mas não conseguiu retribuir com a vitória, ficando apenas no empate por 1 a 1 com o Americano, na tarde deste sábado (23). O confronto, válido pela quinta rodada da Taça Corcovado, segundo turno da Série B, rendeu mais um ponto ao Tricolor, que está em quinto no Grupo A, com seis pontos ganhos. O próximo compromisso será contra o São Cristóvão, na Bariri.

O primeiro tempo acabou sendo prejudicado pelo alto número de faltas. As duas equipes tentavam se impor na parte física, deixando de lado a técnica. O Gonçalense, como mandante, ainda tentava se inflitrar um pouco mais no campo de ataque. Gilmax, após tabelar com Sabão, tentou chute que saiu por cima da meta campista.

As entradas ríspidas seguiram, dando um clima de final ao duelo no Alzirão. O Tricolor, um pouco mais preocupado em colocar a bola no chão, acabou sendo premiado aos 44 minutos. William Amendoim girou na área americana, chutou cruzado e a bola foi de encontro à trave. No rebote, João demonstrou oportunismo para marcar o primeiro: 1 a 0.

Mandantes voltam relapsos e sofrem empate

Depois do intervalo o Americano voltou disposto a praticar futebol e só precisou de quatro minutos para igualar a contagem. Adrianinho cobrou escanteio e Léo Guerreiro levou a melhor ao trombar com os zagueiros. Depois foi só escorar e marcar o tento do time alvinegro.

Ao levar o empate o Gonçalense retomou o controle do jogo, repetindo o que havia acontecido contra o Audax. A situação melhorou ainda mais aos 10 minutos, quando Leonardo derrubou Amendoim no contra golpe. O jogador recebeu o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo.

Começou então a corrida contra o tempo. Com 35 minutos pela frente para fazer o gol e encostar nos líderes, o Gonçalense foi com tudo. João, de cabeça, parou no goleiro Vander. Mário Marques ainda colocou mais peças ofensivas, como Talisson e Giovanni, mas a mira não estava afiada. Mais experiente, o time do Americano usou e abusou da catimba para segurar o resultado e voltar com um ponto na bagagem.

Ficha Técnica
Gonçalense 1x1 Americano
Campeonato Carioca Série B - Taça Corcovado - 5ª Rodada
Estádio Alziro de Almeida, Itaboraí (RJ)
Dia 23 de maio (sábado) - 15h

Árbitro: Mario Vinicius Baptista Valentim
Assistentes: Flavio Manoel da Silva e Renato Serôa da Motta

Gols: João, 44'/'1ºT (1-0); Léo Guerreiro, 4'/'2ºT (1-1)

Gonçalense
Julio; Thiaguinho, Joseph, Yago e Ricardinho (Talisson); Pedrinho, Dyeguinho (Giovanni), Gilmax (Allan) e William Amendoim; Sabão e João. Técnico: Mário Marques

Americano
Vander; Anderson, Ramon, Leonardo e Noel; Rodolfo, Yuri, Ramon Costa e Adrianinho; Léo Guerreiro (Bob) e Philip (Thiago). Técnico: João Carlos

Time papa-goiaba vai em busca da terceira vitória seguida na Série C do Campeonato Carioca
SGEC quer contar com o apoio vindo das arquibancadas. Foto: Divulgação.
Buscando se aproximar do torcedor, a diretoria do São Gonçalo Esporte Clube promove uma caravana para que os apaixonados pelo Mais Querido acompanhem o duelo deste domingo (24), contra o Artsul, no estádio Eucyr Resende, em Saquarema, às 15h. Na liderança do Grupo B, com seis pontos, o SGEC tentará manter os 100% de aproveitamento.

Os torcedores que quiserem acompanhar o São Gonçalo na Região dos Lagos ganharão transporte e ingresso de maneira gratuita. O ônibus disponibilizado sairá do Clube Esportivo Mauá, na Estrela do Norte, às 12h30. No site oficial do clube, o pedido é para que os interessados cheguem com antecedência, devido às vagas limitadas.

Depois de estrear vencendo o Heliópolis por 3 a 1, o São Gonçalo EC contou com o apoio incessante da torcida no duelo frente ao Rubro Social, fora de casa. Na ocasião, os papa-goiabas surpreenderam com uma boa presença no estádio Lourivaldão, também em Saquarema.

Defensor, aos 31 anos, vai formar dupla de zaga com Luiz Alberto, outro atleta muito rodado no futebol
Eduardo Ferreira ganhou a posição na zaga do SGEC, ao lado de Luiz Alberto.
Foto: Divulgação/SGEC.
A semana de treinamentos apresentou modificações no São Gonçalo Esporte Clube. O treinador Reginaldo Assad promoveu duas mudanças na equipe que vai enfrentar o Artsul neste domingo (24), pela terceira rodada da Série C Estadual. Na lateral-direita, sai Wilson e entra Juninho. Na zaga, Eduardo Ferreira é a novidade. Ele assume a vaga do atacante Marcos Vinicius, com Ronald passando a atuar como volante.

Eduardo Ferreira chegou ao São Gonçalo EC com a chancela de um renomado treinador campeão mundial: Carlos Alberto Parreira. O comandante do tetra tentou naturalizar Ferreira em 2010, quando estava à frente da seleção da África do Sul, que se preparava para jogar o Mundial em casa. Por um problema de lesão, Eduardo acabou não chegando a defender os Bafana Bafana.

Depois de se recuperar, Eduardo adquiriu a nacionalidade de Guiné-Equatorial, outro país do continente africano. Lá, defendeu a seleção local. Em clubes, passou por time de África do Sul, Colômbia e Irã. Agora, colocará sua experiência a serviço do Mais Querido.

- Sempre aconselho os meninos nos treinos, orientando em fundamentos, por tudo que vivi em outros países. Tenho esse estilo de liderança. Onde passei os treinadores me deram essa força e estou aqui para ajudar. Os meninos têm qualidade, são bons e o grupo é uma família. Todos querem vencer e vou estar junto dando conselho e puxando a orelha quando precisar. Vamos colher os frutos daqui há quatro meses, quando o campeonato acabar - disse Eduardo.

Com seis pontos em dois jogos, o São Gonçalo EC lidera o Grupo B da Terceirona. Neste domingo, dia 24, o confronto da vez será diante do Artsul, no estádio Eucyr Resende, em Saquarema, às 15h.

Atacante lamentou empate contra o Angra dos Reis e citou importância do período de treinamentos que o time terá pela frente
Waguinho (ao fundo) lamentou empate, mas pediu cabeça erguida no SGFC.
Foto: Gabriel Farias.
Lamentações sim, mas sem ficar olhando para trás. O atacante Waguinho não gostou do resultado final do São Gonçalo FC contra o Angra dos Reis, no meio da semana, pela Série B Estadual. A equipe gonçalense ficou no empate em 2 a 2 mesmo tendo um atleta a mais em boa parte do segundo tempo.

- Dentro de casa temos que ganhar. Não veio a vitória, mas lutamos até o final. Tivemos chance até os últimos minutos, mas temos que erguer a cabeça para conquistarmos a vitória no próximo jogo - projetou Waguinho, que destacou a folga que o SGFC terá na Série B. A equipe só volta a campo no dia seis de junho.

- Agora temos que focar mais ainda nessas semanas de folga. Vamos trabalhar, ver onde estamos errados e pensar na reta final, com o objetivo de chegar nas semifinais e finais.

Equipe foi julgada e condenada pela escalão irregular do atleta Thiago Sapo, no primeiro turno da competição
O Ceres foi, de azul, punido com a perda de seis pontos. Foto: Gabriel Farias.
O Ceres, que vinha figurando nas primeiras colocações da classificaão geral da Série B do Campeonato Carioca, foi punido com a perda de seis pontos pela escalação irregular do volante Thiago Sapo, na Taça Santos Dumont, primeiro turno da competição. Agora, o Alviceleste de Bangu - com 14 pontos - vai ter que brigar contra o rebaixamento.

O julgamento aconteceu na última sexta-feira, dia 22 de maio. A decisão foi tomada pela 4ª Comissão Disciplinar do Tribunal de Justiça Desportiva do Rio de Janeiro. Thiago foi expulso na partida diante do Angra dos Reis, pela quinta rodada da Taça Santos Dumont. Após julgamento, o mesmo foi punido com três jogos de suspensão. O terceiro, que seria diante do Barcelona, pela oitava rodada, no entando, não foi cumprido.

A perda dos pontos não altera a situação do Ceres na Taça Corcovado. A equipe de Bangu segue com três pontos, na sétima posição do Grupo A. No entanto, na classificação final da Taça Santos Dumont, o time despencou para o oitavo lugar, com 11. Na pontuação geral, desceu para o 12º lugar, com 14 pontos, ficando apenas dois pontos à frente da zona de rebaixamento.

Além da punição na tabela o Ceres foi multado em sete mil reais. O clube baguense ainda pode entrar com recurso para rever a decisão.
Zagueiro estreou pelo São Gonçalo Esporte Clube no último fim de semana e demonstrou estar em forma para a disputa da Terceirona
Luiz Alberto assumiu a faixa do São Gonçalo EC. Foto: Divulgação/SGEC.
Luiz Alberto foi apresentado como uma das principais contratações do São Gonçalo Esporte Clube visando a disputa da Série C Estadual. Logo na estreia, o xerife demonstrou que tem estrela, conquistando junto dos seus companheiros uma goleada por 4 a 0 sobre o Rubro Social, fora de casa.

Mas não foi só o placar elástico que marcou a primeira atuação de Luiz Alberto com o manto papa-goiaba. No vestiário, ele recebeu a braçadeira de capitão das mãos de Roberto Brum, que vinha exercendo a função até então. Ele garante que a escolha não o envaidece, mas se diz pronto para o desafio.

- Fico muito contente. Se colocasse um dos meninos com a faixa, estaria bom também. Meu negócio é ajudar dentro de campo. Já que houve essa reunião no vestiário e me deram a faixa, fico contente. Sei da responsabilidade. O Roberto e os meninos têm um carinho por mim e me aplaudiram no vestiário. É uma parceria entre eu e o Roberto e agora é dar continuidade ao bom ambiente. Só existem coisas boa a vir pela frente - disse o defensor ao site oficial do São Gonçalo EC.

Novo companheiro na zaga

Luiz Alberto e todo o time do São Gonçalo EC voltam a campo no próximo domingo, dia 24, para enfrentar o Artsul, no estádio Eucyr Resende, em Saquarema. Na partida, Luiz contará com um novo companheiro de zaga. Eduardo Ferreira, de 31 anos, entra na vaga do atacante Marcos Vinicius, que sentiu um incômodo muscular e será desfalque. A alteração mexe na forma de jogar do Mais Querido, que agora terá o atacante Hiago isolado na frente. Ronald, que vinha atuando improvisado no miolo de zaga, será adiantado para o meio de campo.

Zagueiro destacou concentração apresentada por sua equipe para obter o resultado positivo diante do Audax
Anderson voltou ao time titular do Lense com vitória. Foto: Gabriel Farias.
A vitória do Gonçalense sobre o Audax tirou um peso das costas de todo o elenco tricolor. A série negativa na Série B Estadual já estava em cinco jogos. Com a volta da tranquilidade, o zagueiro Anderson enumerou alguns dos fatores que fizeram com que o Tricolor retomasse o prumo na competição.

- O resultado foi importante para acabar com essa fase ruim do Gonçalense. A postura não mudou muito. Já vinhamos dessa forma, bem aguerridos, mas colocamos a cabeça no lugar. Conversamos muito de um jogo para o outro. O resultado foi um time mais concentrado, tranquilo e tocando mais a bola - explicou, para em seguida falar sobre o treinador Mário Marques, que estreou com vitória após assumir o comando técnico na última segunda.

- Pelo pouco contato, parece ser uma pessoa simples, guerreira e que vai nos ajudar muito no restante do campeonato - resumiu Anderson.

De olho nas semifinais da Taça Corcovado, o Gonçalense terá um confronto direto neste sábado (23). O Tricolor receberá o Americano, no Alzirão, às 15h, pela quinta rodada do returno.